Caças F-16 da Força Aérea Portuguesa na Roménia

Caça F-16 português na Roménia

Caças F-16 portugueses em cooperação com militares Romenos

Realizou-se no passado dia 15 de Maio, na Base Aérea Romena de Campia Turzii, a cerimónia que marca o início das operações aéreas da Força Nacional Destacada no âmbito da "Operation Falcon Defense 15" (Operação Defesa de Falcão) da "Assurance Measures" (Medidas de Garantia) da NATO/OTAN (Organização do Tratado Atlântico Norte). 

Caça F-16 português na Roménia

Estas medidas têm o objectivo de tranquilizar os países membros localizados na região que foram surpreendidos pela recente anexação russa da Crimeia, território ucraniano, e pelas constantes manobras militares de Moscovo.

Militares portugueses na Roménia, ao fundo do lado direito, caças Mig-21 daquele país.

Portugal tem na Roménia 91 militares (desde homens da Unidade de Protecção da Força - Responsável pela defesa de meios e equipamentos da Força Aérea - a manutenção e pilotos) e 4 caças F-16 MLU AM Fighting Falcon, que cumprirão, essencialmente, missões de treino e de protecção do espaço aéreo de forma conjunta.

Nota: Portugal tem na Força Aérea um total de 31 caças F-16 constantemente actualizados e operacionais (menos os que estão em manutenção de rotina) que fazem parte do programa MLU (Mide Life Upgrade - Atualizações de Meia Vida), onde se envolvem países amigos para aconselhar e dividir os custos destas modernizações nas suas frotas. Os EUA, por exemplo, fazem parte deste projecto.

Fonte: Força Aérea Portuguesa / Arquivos

Imagens:Força Aérea Portuguesa

Texto: Portugal Defense News and global

Etiquetas

A lista de etiquetas está vazia.